aterm – rxvt tuning.

Pesquisando na web a respeito de problemas com a codificação UTF-8 no aterm achei um material interessante para resolver esses problemas .  Sendo que o aterm é incompatível com essa codificação, a melhor saída é usar o rxvt como terminal, pois tem suporte nativo e todas as outras opções do aterm, como o modo transparente por exemplo.

Então segue uma lista de parêmetros para o .Xdefaults :

aterm:

aterm*loginShell:true
aterm*transparent:true
aterm*shading:40
aterm*background:Black
aterm*foreground:White
aterm*scrollBar:true
aterm*scrollBar_right:true
aterm*transpscrollbar:true
aterm*saveLines:32767
aterm*font:*-*-fixed-medium-r-normal--*-110-*-*-*-*-iso8859-1
aterm*boldFont:*-*-fixed-bold-r-normal--*-*-110-*-*-*-*-iso8859-1

ou para o rxvr ( use o binário rxvt-unicode para codificações utf-8):

rxvt*loginShell:true
rxvt*transparent:true
rxvt*shading:40
rxvt*background:Black
rxvt*foreground:White
rxvt*scrollBar:true
rxvt*scrollBar_right:true
rxvt*transpscrollbar:true
rxvt*saveLines:32767
rxvt*font:*-*-fixed-medium-r-normal--*-110-*-*-*-*-iso8859-1
rxvt*boldFont:*-*-fixed-bold-r-normal--*-*-110-*-*-*-*-iso8859-1

então recarregue as configurações e inicie o aterm (ou rxvt)

$ xrdb -load .Xdefaults
$ rxvt
$ aterm

Aqui vc já deve ter aterm ou rxvt com suporte a transparência com shading, scrollbuffer, unicode (apenas rxvt) etc.